top of page

Comunicação em momentos desafiadores: iniciativa oferece suporte para empresas diante de eventos extremos



Em meio à devastação causada pelas recentes enchentes no Rio Grande do Sul, um grupo de voluntários da área de comunicação se uniu para oferecer um suporte crucial às empresas. Motivados pela mobilização do setor empresarial em auxiliar as vítimas da tragédia, os profissionais desenvolveram um guia colaborativo com o objetivo de aprimorar a gestão de crises e catástrofes.


A iniciativa, impulsionada pela Associação Rio Grandense de Propaganda (ARP), reconhece o engajamento das organizações em ações de solidariedade, mas também identifica a necessidade de um direcionamento estratégico para que essa ajuda seja prestada de forma eficaz e responsável.


O guia, disponibilizado gratuitamente, é estruturado em quatro pilares fundamentais:


  1. Ajudar: Orientações práticas sobre como as empresas podem contribuir de forma efetiva para o auxílio às vítimas, otimizando seus recursos e maximizando o impacto positivo de suas ações.

  2. Comunicar: Estratégias de comunicação transparentes e sensíveis para manter stakeholders informados e engajados durante a crise, preservando a imagem da empresa e construindo relações de confiança.

  3. Planejar a retomada: Diretrizes para auxiliar na retomada das atividades da empresa após o evento extremo, minimizando os impactos negativos e garantindo a continuidade dos negócios.

  4. Preparação para próximos eventos extremos: Medidas preventivas para aumentar a resiliência da empresa diante de futuros desastres, mapeando riscos, definindo planos de contingência e investindo em infraestrutura adequada.

Empresas interessadas em aprimorar sua capacidade de resposta a crises e catástrofes podem acessar o guia completo através do link: https://docs.google.com/document/d/1MpKjIFg2qG4gS1DeLrv8kLTGZlnMl5Xbhp3pL4gZLpM/edit


O material oferece um modelo abrangente, mas é fundamental que cada empresa adapte as recomendações à sua realidade específica, considerando seus recursos, valores e público-alvo. Ao investir em um plano de gestão de crises robusto e engajado, as empresas demonstram responsabilidade social, constroem uma reputação sólida e se preparam para enfrentar os desafios cada vez mais frequentes de um mundo em constante mudança.

 

Kommentare


bottom of page